PARTILHAR COM O EVANGELHO

13/02/2015

“Buscai o Senhor, já que ele se deixa encontrar; invocai-o, já que está perto. Renuncie o malvado a seu comportamento, e o pecador a seus projetos; volte ao Senhor, que dele terá piedade, e a nosso Deus que perdoa generosamente. Pois meus pensamentos não são os vossos, e vosso modo de agir não é o meu, diz o Senhor; mas tanto quanto o céu domina a terra, tanto é superior à vossa a minha conduta e meus pensamentos ultrapassam os vossos.” (Is 55, 6-9)



Foi com essa mensagem que eu comecei o dia. Fazendo o café da manhã e ouvindo a TV, sintonizada na Canção Nova. Tenho perseverado alguns dias nessa prática: levantar, e ao invés de colocar a TV nos noticiários que só espalham a desgraça, coloco o meu coração para ouvir a “Boa Nova” de Deus. Alguns podem dizer que isso é alienação, mas é uma forma de escolher a motivação do dia. Mesmo porque, no restante do dia a gente ouve e vê tanta coisa triste. Muitos, dentro de suas próprias casas também sofrem agressões e vivem dificuldades que nem se sonha...

“Buscai o Senhor, já que ele se deixa encontrar”



Lembrei agora de uma pregação que ouvi feita por Roberto Tannus. Ele falava de um local que tinha ido visitar... local de pessoas com uma enfermidade terrível: a lepra, e de como foi comovente encontrar-se com um senhor que sofria desse mal. Ele ouviu ao longe, alguém que parecia muito feliz, tocando violão e cantando, fazendo uma verdadeira festa. Ele pensava se tratar de alguém que tinha ido animar aquele local, qual não foi o seu espanto, quando viu que quem tocava e cantava era um doente. A lepra já tinha lhe “comido” a visão, não tinha olhos, mas enxergava além do que se pode ver. A música, se bem me lembro era assim: “Aonde tu andares, na certa encontrarás alguém que te ama, e quando o encontrares, não o deixes jamais...Ele quer te encontrar, Ele quer te encontrar.” Essa passagem me lembrou essa música e essa pregação.
Na verdade, não são as dificuldades da vida que nos afasta de Deus e de sua Graça, mas o nosso jeito de olhar as coisas, de agir que nos distancia desse Deus que nos ama. Nem mesmo o pecado nos afasta de Deus. Se assim fosse, Ele não teria vindo para salvar os pecadores, que somos todos nós! A nossa disposição de nos fecharmos a tudo quanto fala a Palavra de Deus, às vezes, com a desculpa de que a religião nos aliena e que tem muita gente que ganha rios de dinheiro, à frente das religiões e que por isso não podemos dar crédito a quem nos fala de Deus, isso é o que nos afasta de Deus! Não abrimos a porta, ela permanece trancada e nós, do lado de dentro, cansados, tristes, desestimulados, esperando que alguém venha abrir uma porta que só nós mesmos podemos abrir.

“Renuncie o malvado ao seu comportamento, e o pecador a seus projetos, volte ao Senhor”

Tem gente que vive marcando o passo na vidinha amarga e medíocre, mas não se desprende dos vícios, dos maus hábitos, simplesmente, não quer ajuda, mas mesmo assim se sente vitimado... destrói sua vida e a de quem estiver por perto, pois não deixa de cantar a derrota... E para que melhor do que começar a vida assistindo as maldades que o mundo espalha???
Hoje, Deus quis me falar por essa Palavra, que é possível mudar o rumo da nossa vida, da minha vida, através de um hábito tão simples: escutar coisas boas, que me levantem, que me animem. Encontrar-se com Deus nessa “escuta”, deixar que Ele me ajude a caminhar mais leve!
Escutar a Deus não me aliena, isso não quer dizer que eu vá agora tapar os ouvidos às notícias dos telejornais, mas começar meu dia pela melhor parte vai me fortalecer para tudo de ruim que eu tiver que enfrentar no dia. Olhar para o Senhor, mas com os pés no chão. Esse é o verdadeiro segredo do equilíbrio. E multiplicar as boas palavras, levando aos meus familiares, meus amigos, meus colegas de trabalho um pouco mais de Deus! Multiplicar o bem para que o bem vença o mal. Tem muita gente que faz isso. As pequenas e singelas mensagens são portadoras desse bem! Agradeço profundamente a todos os amigos e amigas que continuam distribuindo “Bom Dia!” e fazendo o meu dia mais feliz!
Abraços.
Sejam felizes, sejam leves!


_______________________________



Esse espaço reservei pra partilhar com os amigos alguns textos do Evangelho.
Quem quiser pode também deixar seu comentário a respeito do que sente a partir do texto.

____________________________

Quarta-Feira, 22 de Dezembro de 2010.



(Lucas 1, 46-56)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 46Maria disse: “A minha alma engrandece o Senhor, 47e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, 48porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, 49porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. O seu nome é santo, 50e sua misericórdia se estende, de geração em geração, a todos os que o temem.

51Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os soberbos de coração. 52Derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes. 53Encheu de bens os famintos, e despediu os ricos de mãos vazias. 54Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia,55conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre”. 56Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa. 

- Palavra da Salvação. 
- Glória a vós, Senhor.

__________________________


Que Nossa Senhora possa nos ensinar a amar e acolher todos os dias, Jesus no nosso coração. E que possamos sempre nos alegrar com sua presença no meio de nós!
Drica.
_____________________________


Sábado, 18 de Dezembro de 2010.
(Mateus 1, 18-24)


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.



18A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. 

19José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria, em segredo. 20Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. 21Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”. 22Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: 23“Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus está conosco”. 24Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado, e aceitou sua esposa. 



- Palavra da Salvação. 
- Glória a vós, Senhor.

____________________________
Interessante como costumamos agir da mesma forma de José quando sentimos dentro de nós a dúvida, recuamos com medo de seguir adiante, preferimos fugir. Principalmente quando sentimos que as dificuldades que vemos à nossa frente são grandes. José pensou em fugir, mas o Senhor se antecipou e mandou um anjo para comunicar a sua vontade. José recuou na sua primeira decisão e retomou seu caminho. Isso foi possível porque ele estava em sintonia com Deus... Talvez seja isso mesmo que nos falta nos dias de hoje: essa sintonia para tomar nossas decisões. Acreditamos demais na nossa própria força de agir e esquecemos daquele que vê além de nós e pode nos auxiliar nas decisões difíceis. A porta deve estar aberta para deixar a luz entrar... essa porta aberta nos dá a solução, mesmo que a solução seja algo muito difícil de acreditar, de realizar. Jesus veio morar conosco, por isso ele é o Emanuel "Deus Conosco", ensinou com pequenos e grandes gestos a forma certa de viver e amar, mas antes de chegar aqui foi preciso que outros tomassem seu caminho. José precisou tomar seu caminho. Maria precisou dar o seu "Sim". E nós? O que estamos fazendo dos nossos caminhos? Escolher o caminho da luz talvez não seja a coisa mais fácil do mundo, mas com certeza será a que nos fará mais feliz no final. Estou tentando alcançar a luz... espero que você consiga! Amém.

______________________________

Quinta-Feira, 16 de Dezembro de 2010
3ª Semana do Advento

(Lucas 7,24-30)

 — O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

24Depois que os mensageiros de João partiram, Jesus começou a falar sobre João às multidões: “Que fostes ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento? 25Que fostes ver? Um homem vestido de roupas finas? Ora, os que se vestem com roupas preciosas e vivem no luxo estão nos palácios dos reis. 26Então, que fostes ver? Um profeta? Eu vos afirmo que sim, e alguém que é mais do que um profeta. 27É de João que está escrito: ‘Eis que eu envio o meu mensageiro à tua frente; ele vai preparar o meu caminho diante de ti’. 28Eu vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém é maior do que João. No entanto, o menor no Reino de Deus é maior do que ele. 29Todo o povo ouviu e até mesmo os cobradores de impostos reconheceram a justiça de Deus, e receberam o batismo de João. 30Mas os fariseus e os mestres da Lei, rejeitando o batismo de João, tornaram inútil para si mesmos o projeto de Deus”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.


Hoje, eu quero partilhar a alegria de receber em minha vida a visita de Jesus Bom Pastor... Só Ele é capaz de me dar o abrigo que preciso na hora que mais necessito! Obrigada, Senhor, por me trazer de volta pra dentro de mim... Obrigada, pelo carinho e por todo o amor que demonstras nas 24 horas do meu dia! Tenho tudo o que preciso... muitas vezes não tenho tudo o que quero, mas nem tudo o que quero me faz bem. E fico feliz por saber que você não me permite ter coisas que me façam mal! Que todos hoje possam conhecer o teu amor e confiar em ti, assim como eu confio!
Amém!
_________________________

Quarta-feria, 15 de Dezembro de 2010


(Lucas 7, 19-23)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 19João convocou dois de seus discípulos, e mandou-os perguntar ao Senhor: És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?” 20Eles foram ter com Jesus, e disseram: “João Batista nos mandou a ti para perguntar: ‘És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?” 21Nessa mesma hora, Jesus curou de doenças, enfermidades e espíritos malignos a muitas pessoas, e fez muitos cegos recuperarem a vista. 22Então, Jesus lhes respondeu: “Ide contar a João o que vistes e ouvistes: os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam, e a boa nova é anunciada aos pobres. 23É feliz aquele que não se escandaliza por causa de mim!”

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

_______________________________

Um comentário:

  1. Aonde quer que Jesus vá, os prodígios e milagres acontecem, mas, nem sempre conseguimos enxergá-los...por que será que isso acontece? Será que perdemos a sensibilidade de enxergar as maravilhas que Ele promove? Ou será que esperamos apenas os grandes milagres?

    ResponderExcluir