segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Família é tudo de bom!


Por que esse título? Não sei explicar direito, mesmo sabendo por dentro o que significa. Sou uma pessoa muito desprendida de tudo, até mesmo da família. Isso não quer dizer que eu não ame a minha família... Mas, desde pequena sempre me senti muito independente de tudo e todos, inclusive das pessoas que amo. Elas são importantes, eu me preocupo com elas, mas é como se eu fosse separada deles por alguma coisa que tenho por dentro... Não sei...
Hoje, eu venho escrever sobre a família, porque apesar de não estar todo mundo junto, pela primeira vez eu me sinto integrante e participativa dentro da minha própria família. Fui morar muito cedo com minha avó, e passei um bom tempo da minha vida morando com "Vozinha"... aprendi muita coisa com essa mulher forte e guerreira, que nos deixou há 3 anos, mas que soube como ninguém nos ensinar a viver, mesmo que muitas vezes tenhamos sofrido por causa da sua dureza, na ânsia de nos ensinar o caminho certo a percorrer! Temos muitas saudades dela, ela vai morar sempre dentro dos nossos corações!

Minha mãe é outra guerreira, sempre trabalhando, dentro e fora de casa. Ela tem uma fibra que eu invejo, tento fazer um pouco do que ela faz na minha vida, mas confesso, sou muito fraquinha pra imitar sua força. As mulheres da minha família são muito marcantes. Ela cuida da minha filha desde pequena, quando eu não pude estar com ela por impedimentos que talvez, eu mesma tenha criado, por medo de não saber lidar com minha pequena e conciliar com trabalho e estudo. Mas, acredito que Deus tem nos ajudado a lidar com isso...
Eis, aí, minha pequena. Essa foto tem uns anos... Hoje, ela tem quase 19 anos.


Hoje, escolhi falar das mulheres da família, pelo menos algumas, depois eu faço uma postagem com os homens da família (desculpe, meninos... rsrsrsrs)


Aqui está Sophia, na sua formatura do ABC, linda e radiante, comunicativa como ela só!!! Minha amada sobrinha. Adoro visitá-la e voltar à infância, espalhar as bonecas e brincar de tomar chá, de fazer refeições nas panelinhas... ela é o máximo! Super adoooooooro estar com ela! Beijão da tia!!! 

Essa é minha irmã. Na infância, nunca nos demos muito bem uma com a outra, isso perdurou até muito tarde, acho que não ficamos tempo suficiente juntas para nos darmos bem, a maioria das vezes parecia que a gente estava disputando a atenção dos outros membros da família, ou desafiando-nos, mas, apesar de todas as encrencas própria dos irmãos, sobrevivemos e ela me deu o meu primeiro sobrinho, depois outro...

E agora, me deu a flor mais linda que já vi na vida, minha sobrinha, Marina. Uma fofura... Que me inspirou a fazer esse post e compartilhar com tanta gente a alegria de ser família. Por mais que tenhamos diferenças, que passemos períodos grandes e pequenos sem nos falar com raiva de alguma coisa, mas o mais legal de tudo isso é que quando a saudade aperta a gente sabe que pode voltar uns para os outros.
Gostaria de poder reunir todo mundo e fazer uma festa grande, onde a gente pudesse enterrar todos os desentendimentos, por mais dor que nos tenham causado... Porque só há sentido na vida quando temos uma família para compartilhar os momentos. Eu não sabia disso, eu fui aprendendo aos poucos tudo isso... acho que Deus me ajudou muito... Há um tempo atrás eu achei que eu pudesse viver sem eles, mas não posso... Eles são tesouros na minha vida!
Tem muita gente que ficou de fora desse post, que eu queria falar... tem gente lá de longe...

Gente de perto...

Gente de mais longe...


Gente que mora no meu coração...
Ou melhor, que faz parte da família do coração...
Que bom se pudéssemos reunir todas essas pessoas importantes e dizer o quanto elas são importantes pra gente... nem sempre é possível, mas vamos tentando... aos poucos o jardim vai surgindo e enfeitando a vida, dando sentido à caminhada...
Venho aqui depois contar mais histórias lindas dessas, por hora, deixa eu admirar minha mais nova flor:

Beijão!
Que Deus abençoe todas as famílias!
Amém!


2 comentários:

  1. Oi prima!
    Que homenagem linda! Eita! Nasceu a Marininha? E a Sophia? Que gatinha linnnnda!
    Beijocas da capital :)

    ResponderExcluir
  2. Como é lindo o seu coração cunhada ... obrigada pela bela homenagem a mais nova integrante do meu maior tesouro que Deus me agraciou: a NOSSA família. Agradeço todo dia a Ele por me ter colocado entre pessoas tão especiais, mesmo que alguns por tempo menor do que eu gostaria (meu pai, Dedé, Mariana, vozinha ...), mas tenho a certeza no meu coração que Ele cuida de mim e dos meus muito mais do que sou merecedor. Obrigado por você fazer, e a cada dia mais querer fazer parte da minha História.

    ResponderExcluir