sábado, 12 de fevereiro de 2011

SOU GORDINHA, SIM!

SOU GORDINHA, SIM! E essa vai para todos os que como eu, são gordinhos(as) e sofrem desde pequeno o preconceito de estarem, pelo menos teoricamente, "fora dos padrões de beleza". Nem sei dizer quantas vezes me senti envergonhada comigo mesma e de tantas tentativas frustradas de agradar aos outros modificando minha forma física...
Mas, e eu? Não conto não, é? Na verdade, e agora depois de tanto tempo de reflexões a respeito disso, descobri que nunca quis ser magra na vida. Atualmente tenho tido mais consciência disso. Quero estar bem comigo mesma, poder caber nas roupas que desejo comprar pra mim, que na maioria das vezes não consigo encontrar nas lojas porque o mundo só tem olhos para os corpos perfeitamente adequados, ou seja, os "manequins de cemitério"... rsrsrsrs


Nada contra as pessoas que são magras naturalmente, nem contra os que lutam contra a balança pra fazer valer a vontade de meio mundo de pessoas preconceituosas. Apenas uma forma de exorcizar essa neurose toda de se parecer com um esqueleto ambulante. Tudo deve ter seu equilíbrio. Nem 8 e nem 80. Se você está se sentindo bem do jeito que está, continue...


O fato é que perdemos tanto tempo escondidos dentro de nós mesmos por causa do preconceito de algumas pessoas que esquecemos de viver. E viver é a coisa mais fantástica do mundo! Talvez a mais rara, como diz uma letra de uma música que agora não me recordo o nome... rsrsrs...


Eu não confesso que sou gordinha, apenas afirmo, pois ser assim não é nenhum pecado que deve ser confessado e combatido. Isso em nada tirou de mim a minha essência de gente, de ser humano. Algumas de minhas atitudes fizeram isso durante minha vida, muito mais do que minhas formas...

 Descobri o mundo dos blogs faz muito pouco tempo e ele tem me ajudado muito a continuar me aceitando como sou, até mais do que antes, sem precisar da avaliação do outro, ainda que ela seja importante, mas não é determinante do meu humor e do meu amor a mim mesma!
Descobri muitas outras pessoas que, assim como eu, se sentia desprezado fisicamente falando, mas que não sucumbiu a essa neurose toda, e com a ajuda de amigos de verdade, puderam perceber que a vida é linda de qualquer jeito, basta olhar em volta e ver quantas belezas que Deus colocou no mundo!

 Falando de Deus, esse aí em cima é o Padre Pedro Cunha, Sacerdote maravilhoso que apresenta o programa EM FRENTE, TV Aparecida, às quintas-feiras (20:30h... se não me engano... rsrsrs). Esteve conosco aqui na Paraíba, em Campina Grande, em janeiro deste ano(2011). Foi muito bom poder recebê-lo!


E essa aí sou eu, no Natal, em frente a uma mesa de guloseimas... rsrsrs... na casa dos meus grandes amigos: Suellen e Jefferson, que já mostrei na postagem que fala de AMIZADE.
Ser do jeito que sou não me impediu de fazer nada que eu quis fazer. Mas, claro, esse post não tem objetivo  de incentivar a Apologia à Gordura, cuidar da saúde deve estar sempre em primeiro plano e também devemos monitorar nosso peso, fazer atividade física e ter uma dieta saudável e balanceada.
Beijinho pra todos!
Drica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário