quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

CALMA


Acabamos por nos ferir durante a caminhada nessa estrada por causa de nossa falta de atenção, por que nos falta calma, silêncio e atenção para fazer nossas escolhas. Viver cada dia e nada mais é difícil, quando a alma está revolta em um mar bravio de sentimentos...

Não dá pra escolher na pressa, no vôo o plano deve ser traçado antes da decolagem, senão há um perigo enorme de queda...

Somos instrumentos delicados, não resistimos a muitas quedas... precisamos de planos, de rotas, de metas que nos levem seguros ao nosso destino. E qual será o nosso destino, senão a felicidade que Deus sonhou pra nós? Alguém quer algo diferente disso?  Alguém é capaz de desejar a própria ruína? Acredito que não!

“No meio da tormenta é duro navegar e uma escolha incerta pode caro custar” (Martin Valverde)

Quantas vezes não sofremos por isso? Escolhas incertas, porque não estávamos atentos aos perigos que se apresentam... Difícil desistir dos próprios planos para viver os planos de quem sabe mais, porque sempre queremos estar certos de tudo... “diante dos desafios é preciso tentar”... é um desafio vencer a si mesmo... “só aquele que perde sabe também ganhar...”.

Drica


Nenhum comentário:

Postar um comentário