terça-feira, 14 de dezembro de 2010

LETRAS



Minhas letras carregam o peso ou a leveza do dia...
 Isso sim é que é poesia
 Poesia que brota da alma
 Na ponta do lápis, no azul da caneta
 Na ponta dos dedos... no som do teclado
 No ritmo do coração marcado...

                                                          Drica

Nenhum comentário:

Postar um comentário